Breaking News

Candidatos às eleições 2018 não podem ser presos até 48h após as eleições



Imagem relacionada



A partir de hoje (22), os candidatos às eleições de 2018 não poderão ser alvos de mandados de prisão por parte da justiça. A exceção ocorre somente nos casos de flagrante delito, quando a prisão pode ser realizada pelas forças policiais.

A determinação está no Código Eleitoral Brasileiro que proíbe prisões de candidatos nos 15 dias anteriores à votação. As prisões sem o flagrante somente poderão ocorrer 48 horas após a votação.

O Código também proíbe a prisão por mandados de eleitores nos cinco dias anteriores e até 48 horas após as eleições. Nesse caso, também a exceção ocorre nos casos de prisão em flagrante.