loading...

Breaking News

Em nota, Atlético-MG repudia cantos homofóbicos de torcedores com o nome de Bolsonaro




Em nota, Atlético-MG repudia cantos homofóbicos de torcedores
Foto: divulgação




O Atlético-MG emitiu nota na noite do último domingo (16) repudiando os cantos homofóbicos de parte dos seus torcedores durante o empate sem gols no clássico com o Cruzeiro disputado no Mineirão. O duelo foi válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube criticou a postura dos envolvidos.

"O CAM lamenta profundamente as manifestações homofóbicas de parte dos torcedores, no jogo deste domingo, no Mineirão. Reiteramos nosso repúdio a quaisquer gestos de preconceito ou de incitação à violência. A maior torcida de Minas é composta por pessoas de todas as classes sociais, raças e gêneros, não cabendo qualquer tipo de discriminação. Isso não faz parte da nossa gloriosa história! #TimeDeTodos", afirmou.

Durante o duelo mineiro, alguns torcedores atleticanos cantaram uma música com o nome do presidenciável Jair Bolsonaro. A intenção era ofender a torcida do time arquirrival. "Ô cruzeirense, toma cuidado, o Bolsonaro vai matar viado".

Com o resultado, o Atlético-MG caiu para a sexta posição na tabela de classificação com 42 pontos. O Cruzeiro segue em sétimo com 34.

  Bahia Notícias