Breaking News

Mais de 600 animais silvestres são apreendidos em operação policial na Bahia




Operação aconteceu em nove dos municípios banhados pelo maior rio da Bahia - Foto: Divulgação | MP-BA
Foto: reprodução


Uma operação de fiscalização coordenada pelo Ministério Público estadual (MP-BA) resgatou mais de 600 aves e répteis vivos na Bacia do Rio Paraguaçu, que nasce na Chapada Diamantina, no município de Barra da Estiva, e deságua na Baía de Todos-os-Santos.

A ação, que foi realizada entre os dias 20 e 30 de agosto, aconteceu em nove dos municípios banhados pelo maior rio da Bahia, tendo como base, a cidade de Itaberaba (distante a 283 km de Salvador). Entre as cidades fiscalizadas estavam Milagres, Itatim, Iaçú, Ipirá, Santa Terezinha, Castro Alves, Rafael Jambeiro e Ruy Barbosa.

Distribuídos em sete equipes, os agentes analisaram ações como exploração agrícola e pecuária, extração mineral, transporte de produtos de fauna e flora, abastecimento de água, esgotamento sanitário, gerenciamento de resíduos sólidos e a gestão ambiental dos municípios, além do estado de preservação das Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reserva Legal.

De acordo com informações do MP-BA, durante a inspeção de fauna, além de embargos e apreensões, mais de R$ 165 mil em multas e notificações foram decretados. Entre os principais problemas encontradas na região, destacam-se falhas em licenciamento de empresas de exploração mineral, e irregularidades na recuperação de áreas degradadas.

Ainda segundo a promotoria, nenhum dos municípios fiscalizados possuía programa de coleta seletiva, reciclagem ou aterro sanitário, promovendo de forma inadequada o descarte dos resíduos sólidos.

  A Tarde