Breaking News

Bolsonaro causa constrangimento à diplomacia e prejuízo a empresários brasileiros



A declaração do Presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) de mudar a embaixada brasileira em Israel para a cidade de Jerusalém, provocou prejuízos à diplomacia e ao empresariado.

O governo egípcio desmarcou reuniões marcadas com o Ministro da Relações Exteriores do Brasil, Aloysio Nunes Ferreira. Com a decisão, vários empresários brasileiros que já estavam no Egito, para participar das reuniões e negociações comerciais, terão que retornar ao Brasil e aguardar um novo agendamento.

Aloysio Nunes tinha reuniões agendadas entre os dias 8 e 11 de novembro, inclusive com o Ministro egípcio Sameh Shoukry e o presidente, Abdel Fattah el-Sisi.

Abandono da posição de equilíbrio mantida por décadas pela diplomacia brasileira em relação ao conflito entre israelenses e palestinos provocou a reação de países árabes, quinto destino das exportações brasileiras, que apoiam a Palestina e deixaram clara sua discordância com a medida.