Breaking News

Mesmo com a conclusão do inquérito, o MP ainda não denunciou o assassino de adolescente, em Malhada








Foto: arquivo familiar
A Polícia Civil de Malhada concluiu o inquérito sobre a morte da menor Iara da Paixão Souza, de 11 anos, encontrada desacordada no dia 23 de março em uma estrada vicinal que dá acesso ao distrito de Canabrava.

Após meses de investigação, a polícia já definiu o autor do crime, informando que o assassino planejou o homicídio com antecedência e monitorou os passos da menor. A Polícia Civil não divulgou o nome do autor para não atrapalhar o trabalho da justiça.

O resultado do inquérito já está nas mãos do Promotor, no entanto, ainda não foi feita denúncia do crime. O fato já causa protesto de cidadãos que reivindicam justiça.

Após ser localizada, Iara foi socorrida e encaminhada ao Hospital Regional de Guanambi, onde ficou na UTI devido à gravidade dos ferimentos, morrendo quatro dias após dar entrada na unidade de saúde. Informações do Folha do Vale