Breaking News

MP/BA cria app para denúncia de racismo e intolerância religiosa



Cadastro para aplicativo Mapa do Racismo é simples, rápido e denúncias podem ser feitas anonimamente — Foto: Reprodução
Foto: MP/BA


O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) lançou o aplicativo Mapa do Racismo e Intolerância Religiosa, para acompanhar e prestar assistência à população vítima desses problemas sociais.

Salvador é a capital com maior índice de afrodescendentes (82,7%), de acordo com o IBGE, no entanto, os casos de racismo e violência religiosa são frequentes na rotina do soteropolitano.

O MP pretende contribuir com a adoção de politicas preventivas ou punitivas sobre os casos relatos, ao construir um mapa, através do aplicativo, que indicará os locais com maior incidência na capital. É a primeira iniciativa do Brasil que possui metade da população autodeclarada preta ou parda.

Assim que o usuário do aplicativo relatar uma ocorrência, o sistema gerará uma procedimento junto ao Ministério Público, que comunicará oficialmente o promotor da área onde ocorreu o fato, para que adote as providências legais.

Para o MP, o aplicativo disponível para os sistema iOS e Android facilita o combate e a prevenção contra a intolerância racial e religiosa, por se constituir em uma forma segura e rápida de registrar a situação sofrida pela vítima.