Breaking News

Vice de Bolsonaro viajou em aeronave de empresário e não declarou ao TSE



O general Hamilton Mourão, vice presidente de Jair Bolsonaro, chega ao CCBB para reunião com equipe de transição
Foto: Folhapress


O vice-presidente eleito, General Hamilton Mourão (PRTB), pegou carona em um avião de um empresário para participar de eventos políticos durante a campanha e não declarou o uso da aeronave à justiça eleitoral.

Segundo a Folha de S. Paulo, o General viajou de Brasília a Cascavel (PR), nos dias 12 e 13 de setembro, substituindo Jair Bolsonaro no primeiro ato público após ter sofrido a facada durante campanha no dia 6 de setembro.

O avião utilizado por Mourão pertence ao empresário Serafim Meneghel, usineirio no Paraná. Outros políticos que participaram do voo declararam o uso da aeronave, como determina a lei. Somente Mourão omitiu a informação obrigatória, segundo informação do TSE prestada à Folha.

Ainda segundo a Folha, por ser cabeça de chapa, Jair Bolsonaro é responsável solidário pelas informações das contas apresentadas ao TSE.