loading...

Breaking News

Correntina: Câmara conclui trabalhos e vereadores são cassados sob forte esquema policial




Foto: O Expresso



Após muita confusão e agressões físicas no plenário, a Câmara Municipal de Correntina retomou a votação para a cassação dos seis vereadores investigados pela Operação Último Tango, com a presença de forte policiamento dentro e fora do prédio.

Os seis vereadores cassados foram Adenilson Pereira de Souza (PTN), Jean da Guarda (PP), Nelson da Conceição Santos (PRB), Miltão (PCdoB), Juvenil Araújo de Souza (PCdoB) e Wesley Campos Aguiar (PV).



O esquema de segurança envolveu policiais militares da Rondesp, CIPE Cerrado, Guarda Civil Municipal, além de seguranças particulares, segundo informações colhidas por nossa reportagem.

A votação foi finalizada após as 22h e somente dois vereadores não apareceram para os trabalhos. Todos os cassados ainda podem recorrer da decisão na justiça, mas, advogados informaram à nossa redação que as chances de sucesso são mínimas. Todos perderam os direitos políticos por oito anos, além do cargo legislativo.



Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.