Breaking News

Tite disse que seria contrário à presença de Bolsonaro em um jogo da Seleção



Presidente eleito participou de entrega de troféu ao Palmeiras no domingo (2)
Foto: Folhapress


O treinador da Seleção Brasileira de Futebol, Tite, declarou em entrevista coletiva que seria contrário à presença de Bolsonaro em um jogo da Seleção, como ocorreu no último domingo (2), durante o jogo de entrega das faixas ao Palmeiras, Campeão Brasileiro de 2018, por antecipação.

Entre as opiniões contrárias à presença de Bolsonaro, argumenta-se que a presença do político ofuscou a festa do Palmeiras. A própria diretoria do clube fez o convite ao presidente eleito.

Tite deixou claro que não concorda com o envolvimento da política com o futebol. "Não, minha atividade não se mistura. Eu não me sinto confortável. Eu tenho opinião, mas não devo opinar. Sei da minha opinião. Não quero misturar, não se mistura enquanto esporte. Da minha parte, não", declarou o treinador. Informações do UOL Esporte