Breaking News

Pesquisa: Bolsonaro enfrenta rejeição da maioria a propostas do seu governo



Resultado de imagem para datafolha diz que brasileiros rejeitam propostas de bolsonaro
Foto: reprodução


Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Datafolha, nesse sábado (5), mostra que o Presidente Jair Bolsonaro (PSL) enfrenta rejeição popular sobre as principais propostas e medidas políticas e econômicas do seu governo, que já motivaram, inclusive, recuos e falas contraditórias à imprensa, por parte do próprio presidente e integrantes do alto escalão do governo.
De acordo com a pesquisa, 71% dos brasileiros rejeitam a reforma da Previdência Social, enquanto 57% rejeitam as privatizações e 60% se opõem ao enfraquecimento das leis trabalhistas, conforme prevê o novo governo.
No campo político Bolsonaro também enfrenta rejeição popular. O alinhamento preferencial com os Estados Unidos foi rejeitado por 66% dos pesquisados.


Bolsonaro somente encontra apoio da maioria entre os integrantes do seu partido, o PSL, onde 65% apoiam as suas medidas. O Presidente também encontra apoio em 56% da parcela mais rica da população.
Segundo o jornalista Paulo Moreira Leite, poucos presidentes enfrentaram alta rejeição aos seus programas de governo no início dos mandatos. Ele cita Fernando Collor de Melo, quando promoveu o confisco das cadernetas de poupança.
"A população não está decepcionada com Bolsonaro. Manda dizer, com simplicidade, por larga maioria, que discorda dos projetos essenciais de seu governo. Essa visão particularmente negativa anuncia tempos difíceis para Bolsonaro, sempre que ele abandonar o puro discurso ideológico -- que logo se tornará um exercício cansativo -- para enfrentar inevitáveis questões concretas", comenta o jornalista.  
O Instituto Datafolha ouviu 2.077 pessoas entre os dias 16 e 18 de dezembro, em 103 cidades brasileiras. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.




Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.