Breaking News

Barbárie em Riacho de Santana: jovem tenta matar mulher a facadas









Um tentativa de assassinato despertou supresa e terror nos moradores do bairro Peral, em Riacho de Santana, no início da manhã do último dia 7 de março, contra uma senhora que se encontrava fazendo a faxina diária na parte da frente da sua residência.

Segundo informações enviadas por populares à redação do Portal Lapa Oeste, o jovem Igor Rodrigues Novaes, de 23 anos, atacou violentamente a senhora Zeine da Silva Nunes, de 49 anos, com facadas que atingiram o tórax da vítima, fugindo após o crime.

Vizinhos contam que Zeine conseguiu fugir do agressor e ferida entrou em casa, fechou a porta e prosseguiu pedindo socorro pela parte dos fundos do imóvel. Ela foi encaminhada ao Hospital Municipal de Riacho de Santana e transferida para o Hospital Regional de Guanambi.




Populares descreveram o clima de medo que tomou conta do bairro, pois os vizinhos temiam pelo retorno de Igor. Alguns disseram que ele apresentava um comportamento estranho nos dias anteriores à tentativa de homicídio, inclusive, com suspeita de uso de entorpecentes. Mas, essa informação não foi confirmada pela polícia.

Nossa reportagem conversou com pessoas que apontaram um histórico de conflitos entre as famílias do agressor e da vítima, desde o período em que eram vizinhos. A família de Igor optou por mudar-se de endereço e passou para outra rua, distante da casa de D. Zeine. Todos afirmaram que a comunidade acreditava que o problema fora solucionado.

Igor permaneceu foragido até a manhã dessa segunda-feira (11), quando compareceu à Delegacia Territorial de Riacho de Santana acompanhado de um advogado. Ele alegou ao Delegado Antônio Rosélio Marques Barbosa Silva que o motivo da tentativa de homicídio foi a antiga rixa de família e, no dia do crime, se dirigia a um local onde pesca costumeiramente, quando atacou a mulher.




No entanto, de acordo com relatos de populares obtidos pelo Portal Lapa Oeste, o agressor foi visto várias vezes próximo à casa da vítima nos dias anteriores ao crime.

Igor prestou depoimento à polícia e foi liberado, conforme determina a legislação. A Polícia Civil ouvirá pessoas ligadas à vítima para concluir o inquérito, com possibilidade de pedir a prisão preventiva do jovem. Dona Neize permanece sob cuidados médicos no HRG. Com informações da Polícia Civil.



Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.