Breaking News

Jogador de basquete brasileiro entra para NBA




Resultado de imagem para jogador didi entra para a NBA




O Brasil tem um novo jogador selecionado para jogar na NBA. Na madrugada de hoje (21), o ala Didi, do Sesi/Franca Basquete, foi escolhido pelo New Orleans Pelicans como 35º jogador do draft. O time, que foi o grande destaque do evento ao recrutar Zion Williamson como pick 1, fez uma troca com o Atlanta Hawks que cedeu entre outras coisas a 35ª escolha do draft, que acabou sendo ocupada pelo brasileiro.


Didi fez o Brasil interromper um jejum de cinco anos no draft da NBA.

Desde Bruno Caboclo, que foi a 20ª escolha de 2014 pelo Toronto Raptors, o país não figurava com um nome sequer no evento que é a porta principal de entrada para a liga americana de basquete.




"Estou bastante emocionado, estava muito nervoso. Trabalhei muito tempo e consegui chegar na NBA. Era um sonho de criança. Dedico para a minha vó, que infelizmente partiu daqui. Tenho certeza que vou trazer muitos frutos para a minha família", declarou o jogador à ESPN Brasil, pouco depois de ser selecionado.



Didi carregava a expectativa de ser escolhido por uma franquia da NBA, depois de passar por testes e impressionar alguns times. Segundo projeções, o ala de Franca seria selecionado nas últimas posições do draft - ao todo são 60 nomes no recrutamento de novatos.

No entanto, o brasileiro acabou beneficiado por uma troca ocorrida antes do draft, quando o New Orleans Pelicans abriu mão da quarta escolha e a enviou ao Hawks em troca da oitava, 17ª e 35ª; esta, última, a posição na qual o brasileiro acabou selecionado para a liga.




"Estou bastante emocionado, é um sonho. Isso para mim não tem preço. Também dedico para a minha mãe e vó, sempre batalharam para ter o melhor para mim. Estou bem emocionado e sem palavras para descrever este momento que estou vivendo", acrescentou, em entrevista coletiva, antes de se apresentar para a mídia americana.

"Meu estilo de jogo é bem defensivo, sou um cara muito bom na defesa. Também gosto bastante de infiltração e venho aprimorando meu jogo na saída de bloqueio, então isso é um pouco do meu jogo. Tenho que melhorar muito mais. Procuro sempre contribuir no ataque de uma forma boa", encerrou.

  UOL  



Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.