Breaking News

Uso excessivo de celular pode causar fadiga visual






Por: Jordânia Freitas / Tribuna da Bahia

É um caminho sem volta. Passamos horas de nosso dia vidrados na tela do smartphone, seja checando as redes sociais, jogando ou realizando atividades básicas do cotidiano, como pagar contas e fazer compras. Apesar da comodidade proporcionada pelos dispositivos móveis, especialistas afirmam que a exposição demasiada às telas de celulares e tablets pode provocar fadiga visual. Os sintomas incluem dor e ressecamento nos olhos, incômodo ao ler e até dor de cabeça.




O oftalmologista Jorge Paulo Oliveira explica que olho possui uma estrutura de mucosa, que necessita de lubrificação. A lubrificação natural se dá por meio da lágrima, formada ao piscar. No entanto, ao olhar para telas, como a do celular, as piscadas diminuem de frequência, o que leva ao ressecamento do olho.

“Há um estudo mostrando que quando a gente conversa piscamos três vezes por minuto. Quando estamos de frente para uma tela, piscamos uma vez a cada dois minutos. Piscando menos, distribuí menos a lágrima. E o olho seco causa aquela visão mais borrada e pouco nítida”, exemplificou. 




Ao perceber os sinais da fadiga visual, o aconselhável é procurar um oftalmologista, que vai verificar a necessidade de uso de óculos de descanso ou colírio lubrificante. “O lubrificante é um colírio que não tem nenhuma contra indicação. Ele se equivale a você tomar água ou passar um hidratante na pele”, explicou Jorge Paulo Oliveira. 

Quando se trata de crianças, o especialista ressalta que embora cada caso deva ser analisado individualmente, muitas vezes elas não têm necessidade de usar óculos, mesmo que no exame ela apresente grau. 




“Elas não vão apresentar uma melhora na sua performance por usar um óculos de 0.25 graus. É mais comum os óculos serem necessários para diminuir o cansaço visual a partir dos 10 ou 12 anos de idade. Até lá, a gente considera que são olhos muitos jovens e preparados para essa exposição”, completou Oliveira.

Usar os aparelhos em local com boa iluminação, mantê-los na altura dos olhos e moderar o tempo de uso são algumas dicas dos oftalmologistas para evitar o cansaço visual. Jorge Paulo Oliveira descartou a possibilidade de cegueira, em decorrência do uso excessivo dos dispositivos eletrônicos.


NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.