Breaking News

Ditadura? "O professor em sala de aula não tem liberdade de expressão", diz integrante da equipe do Procurador-Geral indicado por Bolsonaro




Ligado a Augusto Aras, procurador defende limite à liberdade de professor em sala de aula

Por: Bahia Notícias

Cotado para integrar a equipe do provável procurador-geral da República, Augusto Aras, o procurador Ailton Benedito assume posições contundentes contra a esquerda e temas como a chamada ideologia de gênero, segundo o jornal Folha de São Paulo.



De acordo com a publicação, Benedito é um defensor radical do Escola Sem Partido e diz que professor, em sala de aula, não tem direito à liberdade de expressão. “O professor em sala de aula não tem liberdade de expressão. A liberdade de expressão não cabe na atividade do magistério. Ali o professor tem que cumprir o programa, a grade curricular. O professor pode exercer sua liberdade em qualquer ambiente que quiser. Mas na sala de aula deve cumprir a pauta e a grade. Automaticamente, com conteúdo especificado, ele não tem liberdade de expressão”, disse Benedito, em entrevista ao jornal.

Na última quinta (12), Aras e Benedito tiveram uma conversa em Brasília, mas a forma como Benedito, atual chefe do MPF em Goiás, vai colaborar com a PGR será definida após a aprovação do baiano pelo Senado.

NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!



NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.