loading...

Breaking News

Mortes violentas caem 10,4% em 2018, mas Brasil ainda tem 57 mil casos






Resultado de imagem para mortes violentas no campo
Foto: reprodução
Por: UOL

No Brasil, 57.341 pessoas foram mortas violentamente, de forma intencional, durante o ano de 2018. O dado, divulgado hoje pelo anuário do FBSP (Fórum Brasileiro de Segurança Pública), é 10,4% menor do que o registrado no ano de 2017, quando 64.021 pessoas foram assassinadas em território nacional. Com a queda, o Brasil interrompeu uma alta que vinha ocorrendo desde 2015.

Considerando a proporção entre o número de mortes e o tamanho da população, a queda registrada no Brasil é ainda um pouco maior. Em 2017, a taxa era de 30,8 casos para cada 100 mil habitantes. Em 2018, esse número foi para 27,5, uma redução de 10,8%. A queda nessa taxa ocorreu principalmente nos números de mortes violentas registrados em todos os estados do Nordeste, do Centro-Oeste, do Sudeste e do Sul. Os únicos estados em que a taxa de mortes subiu foram Amapá, Pará, Tocantins e Roraima, todos na região Norte. Ceará, Acre e Pernambuco, que puxaram a lista de estados mais violentos em 2017, reduziram em 10,7%, 25,1% e 23,3%, respectivamente, o número de mortes neste ano.



Apesar de o número de mortes ter caído no ano passado, a quantidade de pessoas mortas por policiais cresceu 20% e chegou a 6.220. 

Os dados se referem à gestão do ex-presidente Michel Temer (MDB). Segundo o atual governo, de Jair Bolsonaro, os números de mortes violentas continuam caindo no Brasil em 2019. Dados divulgados pelo Ministério da Justiça em agosto apontam uma queda de 21,2% nos números de homicídios nos primeiros quatro meses deste ano, comparado ao mesmo período do ano passado. As porcentagens divulgadas pelo ministério, no entanto, não obedecem a padrões técnicos e não são fiscalizadas. O sistema utilizado pelo ministério gerou desconfiança de pesquisadores e estudiosos porque, em muitas situações, os dados fornecidos pelos estados são incompletos.





NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!



NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.