Breaking News

Multas e advertências por crimes contra a natureza na Amazônia caem após Bolsonaro





Advertências e multas por crimes contra a flora na Amazônia Legal caem 23% em 2019

Por: Bahia Notícias

Uma redução de 23% foi percebida nas advertências e multas por crimes contra a flora na Amazônia Legal aplicadas por fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) neste ano. 




De acordo com reportagem do G1, a queda foi identificada entre os meses de janeiro e agosto na comparação com o mesmo período de 2018. Dados apurados pelo veículo com base em informações do portal "Dados Abertos do Ibama" indicaram que nos primeiros oito meses deste ano, queimadas e alertas de desmatamento apresentaram altas expressivas. 

O levantamento do portal ainda revela que as autuações por crimes contra a flora caíram 23%, de 2.931 (em 2018) para 2.265 (em 2019), nos nove estados que compõem a Amazônia Legal (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins). Enquanto isso, as autuações de todos os tipos apresentaram redução de 4.127 (em 2018) para 3.801 (em 2019), um recuo equivalente a 8%.

NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!



NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.