Breaking News

Colisão entre caminhões seria a causa da tragédia com alunos universitários de Caetité. Últimas notícias.





Foto: WhatsApp
O grave acidente que causou a morte de quatro pessoas, por volta das 22h30 dessa quarta-feira (2), na BR 030 entre as cidades de Guanambi e Caetité, foi causado por uma primeira colisão entre dois caminhões, que resultou na colisão final entre um dos caminhões e um ônibus que transportava alunos da UniFG, segundo informações da Rádio Cidade FM, de Guanambi.

Segundo a emissora, o condutor de um caminhão carregado com telhas não conseguiu frear e atingiu a carroceria de outro caminhão que transportava coco. Em seguida, o condutor do segundo veículo perdeu o controle da direção e invadiu a pista contrária, colidindo frontalmente contra o ônibus que transportava 35 alunos.




Elizângela e Thaís. Foto: Facebook
A violência do choque destruiu parte da cabine do coletivo, onde viajavam alunos de Caetité, retornando após as aulas na Faculdade. Dois estudantes morreram no local e o condutor do ônibus foi socorrido com vida, mas não resistiu e morreu no Hospital Regional de Guanambi, após sofrer várias paradas cardíacas.

Além dos três mortos, outros alunos foram encaminhados ao Hospital. Um dos jovens mortos é filho de um um locutor que trabalha na Rádio Educadora FM de Caetité. De acordo com a direção do HRG, onze alunos continuam internados na unidade. Duas estudantes deram entrada com múltiplas fraturas, hemorragia interna e foram submetidas a intervenções cirúrgicas. Elas permanecem estabilizadas na UTI.




Klaustem e "Seu Roxo". Fotos: Facebook
Os estudantes mortos foram identificados como Klaustem Lima Ferreira (filho do locutor Pedro Silva), Thais Araújo Martins dos Santos (ambos morreram no local da colisão) e Elisângela Angélica Gomes (morreu durante a madrugada no HRG). O condutor do ônibus, Roberto Gonçalves Teixeira, de 68 anos, conhecido como "Roxo", também morreu no HRG.


“Quando eu soube do acidente em um grupo do Whatsapp, vi que a empresa de ônibus era a mesma que fazia o roteiro dos estudantes e meu filho poderia estar nele. Vi a notícia, ainda com poucos detalhes, tive o instinto de pai, tirei o carro da garagem e fui lá para conferir. [...] Não sei ainda se foi por falta de freio ou por imprudência do motorista do caminhão. Quando me aproximei, o primeiro corpo que vi foi o dele, reconheci na hora. Me deparar com a cena de meu filho morto no local, não dá para traduzir em palavras, estamos arrasados”, afirmou Pedro Silva ao Correio da Bahia.

Testemunhas disseram à Polícia Militar que o condutor do caminhão que colidiu com o ônibus fugiu após o acidente. Ele foi identificado como Lucas Santos Silva Bento e continua procurado pela polícia para prestar esclarecimentos. Não há informação sobre o condutor do caminhão que teria provocado a primeira batida.




Foto: divulgação
Vítimas do acidente e amigos postaram várias mensagens nas redes sociais, lamentando a tragédia. Alguns relataram os momentos de terror que viveram no interior do ônibus, com vários colegas ensanguentados. Os sobreviventes conseguiram sair quebrando os vidros do veículo.

A cidade de Caetité amanheceu em choque e o Centro Universitário UniFG suspendeu as aulas em todos os campi, nesta quinta, sexta e sábado. A instituição emitiu nota de pesar, lamentando as mortes e organizou um ponto de apoio psicológico no campus São Sebastião para atendimento dos familiares das vítimas, além de disponibilizar um transporte para os alunos participarem dos funerais em Caetité.

A grande quantidade de feridos que chegaram ao HRG levou a direção a emitir um pedido de ajuda para que profissionais das áreas médica e de enfermagem, se apresentassem para atuarem no atendimento aos sobreviventes. Em outro comunicado, o Hospital solicitou a presença de doadores de sangue. Os dois apelos foram atendidos rapidamente e o banco de sangue já estava com o seu estoque normalizado nesta manhã.


NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!



NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.