Breaking News

Defesa contradiz Bolsonaro sobre óleo e diz não saber se pior está por vir





Por: Felipe Amorim /  UOL

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, afirmou hoje que o governo não dispõe da informação sobre a quantidade total de óleo que ainda pode chegar à costa brasileira. "Nós não sabemos a quantidade derramada, o que está por vir ainda", disse o ministro.



O ministro fez a afirmação ao comentar a declaração do presidente Jair Bolsonaro (PSL) que, em entrevista a TV Record, afirmou que "o pior ainda está por vir". Especialistas ouvidos pelo UOL já haviam dito que não é possível saber se chegará mais ou menos óleo à região.

Hoje, Azevedo afirmou que a Marinha e órgãos do governo federal estão acompanhando as ocorrências de óleo na costa, mas que o avanço das manchas de petróleo não é de fácil detecção por satélites ou radares, o que dificulta o trabalho das equipes.

"É difícil, porque ele [o óleo] fica a meia água, é imperceptível", disse Azevedo em entrevista coletiva sobre o tema.



NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!





NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.