Breaking News

Estudantes de Pernambuco criam papel reciclado que vira planta após ser molhado






Por: Claudia Varella de Ecoa / UOL

E se o papel reciclado se transformasse em árvore? Com essa ideia em mente, duas estudantes de Caruaru (PE) desenvolveram um projeto para produzir papel reciclado com sementes, para a confecção de cartões, convites, envelopes e caixas, entre outros itens. Uma vez molhado, o papel pode ser plantado para virar hortaliças, flores e até árvores.



O projeto, desenvolvido em 2017 durante o curso profissionalizante de assistente administrativo completo no Centro Brasileiro de Cursos (Cebrac), deu tão certo que hoje Raysa Liandra, 24, e Lília Tenório, 38, têm uma empresa para colocar a ideia em prática, a Paper Plant.

Como o papel é feito

Raysa e Lília batem num liquidificador restos de papéis que recebem por parcerias com escolas e escritórios da região, até virarem uma massa úmida de celulose, uma espécie de polpa. Essa massa é moldada novamente na forma de folhas de papel, momento em que são acrescentadas pequenas sementes (de hortaliças, de flores e de árvores).



Na fôrma, elas colocam uma camada de papel reciclado, outra de sementes e, por cima, outra folha de papel. O material é prensado. Depois, é só deixar secar.

Segundo Raysa, as folhas são um pouco mais grossas do que as de papel comum e têm relevos. Podem ser usadas para a confecção de etiquetas, cartões de visita, folders e convite, entre outros itens.



Para plantar, basta colocar o papel sobre a terra e molhá-lo, o que facilita a germinação. Mas também pode-se enterrar o papel picado e molhá-lo, mas, neste caso, a camada de terra deve ser bem superficial. "Para que a germinação não seja prejudicada, é preciso usar apenas tinta à base de água quando for imprimir algo nos papéis", explica Raysa.

A durabilidade do papel pode variar entre seis meses e um ano, dependendo da semestre acrescida nele.







NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!





NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.