Breaking News

Vergonha! Ministério da Saúde perde meio bi que serão gastos em campanhas eleitorais




Foto: reprodução
A aprovação do novo fundo eleitoral, que passará dos atuais 2 bilhões, para 3,8 bilhões de reais, retirou recursos de áreas importantes para a população. O Projeto de Lei Orçamentária de 2020, que determina os novos valores, foi aprovado preliminarmente no último dia 4 de dezembro, pela Comissão Mista de Orçamento (CMO), do Congresso Nacional.




Segundo a Revista Exame, o fato foi motivo de reclamação por parte do Ministro da Saúde, Henrique Mendetta, inconformado com a perda de meio bilhão de reais que a sua pasta terá a partir do próximo ano, para os investimentos em saúde pública. Os recursos serão destinados ao financiamento de partidos e candidatos nas eleições de 2020.

De acordo com a Exame, pelo cronograma da CMO, será preciso votar o parecer final do deputado federal Domingos Neto até o dia 17. Após a votação, a proposta orçamentária deverá ser encaminhada para análise em sessão plenária do Congresso Nacional.




NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!





NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.