Breaking News

Pesquisa: dobra o número de pessoas com faculdade sem emprego ou em trabalho precário



Hot dog Brasil: Informalidade e desemprego no mercado de trabalho brasileiro. Outubro de 2016. Diego Herculano/NurPhoto via Getty Images)
Foto: reprodução


Uma pesquisa realizada pelo IBGE demonstrou que a parcela da população com ensino superior completo, ocupando funções de menor qualificação, saltou de 930 mil em 2014 para mais de 2,5 milhões em 2019.

A pesquisa encomendada pela Folha de S. Paulo, identificou como uma das causas a expansão do ensino superior no Brasil, ao longo dos últimos cinco anos. No entanto, o número de pessoas desocupadas cresceu mais do que a oferta do ensino universitário, passando de 5% para 10% no universo de escolaridade que representam.



Segundo a Folha, a pesquisa mostrou, também, a inserção precária no mercado de trabalho, quando os profissionais com diploma universitário ocupam postos que exigem menos escolaridade e menos qualificação, em claro "desperdício de capital humano".

A Folha analisou os números fornecidos pela Rais (Relação Anual de Informações Sociais), entre 2013 e 2018. De acordo com os dados, grande quantidade de profissionais com ensino superior ocuparam vagas de nível técnico, como eletromecânica, instrumentação, manutenção de sistema e de máquinas.



Segundo o IBGE, o desalento aumentou em todas as faixas de escolaridade, mas seu salto mais marcante - de 875% entre o segundo trimestre de 2014 e o mesmo período 2019 - se deu entre a população em idade de trabalhar com superior completo, conforme a reportagem.

A situação se agrava com os trabalhadores menos qualificados. Enquanto aqueles que possuem diploma universitário ocupam vagas que exigem menor qualificação e formação escolar, os trabalhadores com formação escolar inferior são empurrados para o mercado informal, à margem das garantias sociais, informa a Folha.




NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!





NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.