Breaking News

Coronavírus: um caso confirmado em São Paulo e dois casos descartados na Bahia



Resultado de imagem para coronavírus no brasil
Foto: EBC
Após a confirmação do primeiro caso positivo do coronavírus no Brasil, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) descartou o segundo caso suspeito nos últimos dias.



O bebê de 1 ano que estava internado no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, deu negativo nos testes realizados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

O outro caso suspeito também foi descartado pela Sesab, em uma paciente internada no Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié. Os testes deram positivo para o vírus H1N1.

De acordo com a Secretaria, o bebê e a mulher estiveram na Itália, durante as últimas semanas. O protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde manteve em isolamento a criança e os seus pais.



O caso positivo para o vírus COVID-19, o coronavírus, foi identificado em um homem de 61 anos na capital paulista que, também, esteve na Itália. Dois testes deram positivo para a infecção, no entanto, o MS não isolará as pessoas que tiveram contato com o paciente.

Foi determinado pela pasta que os 30 familiares e os 16 passageiros que estiveram no mesmo voo do homem infectado, devem procurar o serviço de saúde para serem monitorados nos próximos dias.

Segundo o Portal G1, há outros 20 casos suspeitos no Brasil e o serviço de saúde já descartou 59 suspeitas.



"Passamos a uma nova fase de providências, no sentido de mitigar os efeitos da doença em SP e em todo Brasil. Nosso comitê de emergência está reunido em SP, e de tarde vamos nos juntar a eles para falar sobre o que deve ser feito. Não muda muito com relação aos casos suspeitos, mas agora temos uma patologia confirmada", afirmou o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta.

O ministro disse que o Brasil não adotará a estratégia da quarentena para as pessoas que tiveram contato com os pacientes, porque o método não produz a eficácia desejada nos casos enfrentados.



Ainda segundo o Ministro, os 16 passageiros que ficarão sob observação foram escolhidos entre aqueles que estavam mais próximos da poltrona utilizada pelo homem infectado.

De acordo com publicação do G1, o paciente de 61 anos apresenta estado de saúde estável e sem necessidade de internação. Ele será mantido em isolamento respiratório e observado pelos próximos 14 dias.




NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!





NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.