Breaking News

Moradores postam imagens sobre tremores de terra na Bahia



Adicionar legenda

Moradores postaram fotos dos estragos causados pelo quatro tremores de terra ocorridos durante a manhã deste domingo (30), em cidades do Recôncavo Baiano e do Vale do Jequiriçá.
Segundo a Tribuna do Recôncavo, o epicentro dos tremores foi no município de Amargosa, de acordo com análise do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP).


Os dois tremores mais fortes atingiram as magnitudes de 3,7 e 4.2, respectivamente às 08:18 e 08:44, derrubando árvores e causando danos em imóveis, conforme relatos nas redes sociais.
"Aqui em Varzedo... eu nunca vi uma situação como a que vi agora. A terra abalou. Deu um grande terremoto. Abalou o fogão, as portas... eu nunca vi uma situação dessa. Foi uma situação que... Deus me livre. A terra abalou como se tivesse uma pedra batendo na outra", relatou um morador.
Além de Amargosa, os tremores atingiram Santo Antônio de Jesus, Varzedo, Muritiba, Cachoeira, Castro Alves, São Miguel das Matas, Laje, Cruz das Almas, São Felipe, Jaguaquara, Valença, Itatim, Conceição do Almeida, Salvador e outras cidades.
"A gente fez uma análise preliminar e esse evento maior foi registrado pela rede mundial, foi de magnitude 4,6, a 6 km a sul para sudoeste de Mutuípe e em Amargosa. Salvador fica a pouco menos de 100 km de Mutuípe e, com essa magnitude, ele certamente foi sentido em Salvador.", detalhou Aderson Nascimento, coordenador do Laboratório de Sismologia da UFRN, em entrevista ao G1 Bahia.
A cidade de Amargosa sofreu um outro abalo há cerca de um ano. Há cerca de 10 dias, moradores de Cachoeira, que também fica no recôncavo baiano, também relataram tremores de terra. O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) informou que o fenômeno ocorreu na cidade de São Félix, vizinha a Cachoeira, e teve magnitude de 1.6 mR, informou o G1 Bahia.


NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!





NÃO PERCA OS FATOS! Acesse nossa página no Facebook (clique aqui), clique em curtir e receba todo o conteúdo do Portal Lapa Oeste. Contamos com você!


Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.