Breaking News

Cientistas identificam variante do coronavírus em pacientes do Rio de Janeiro


Os cientistas ainda não identificaram o poder de transmissão e de agressividade da nova variante do coronavírus, encontrada no Rio de Janeiro e classificada como B.1.1.28, derivada de uma linhagem circulante no Brasil, segundo reportagem do Jornal O Globo.



Segundo a matéria, os pesquisadores também não souberam informar se a nova mutação do vírus reduz a eficácia das vacinas anunciadas para os próximos meses.

O estudo analisou material coletado em 82 homens e 98 mulheres em 19 municípios do Rio de Janeiro, entre os meses de abril e novembro, confirmando que a mutação é originária da capital carioca, da mesma forma que outras linhas que circulam no estado.

Os pesquisadores explicaram ao jornal que a investigação não buscou respostas sobre a capacidade de transmissão ou letalidade da nova variante. Estas informações só poderão ser obtidas com novas pesquisas sobre o material disponível.

Veja a matéria completa: aqui.

Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.