Breaking News

Brasil: Anvisa libera vacinas e enfermeira receberá a primeira dose contra o novo coronavírus

Foto: reprodução / arquivo pessoal

A Diretoria da Agência Nacional de Vigilãncia Sanitária autorizou a fabricação e o uso emergencial da vacina Coronavac no Brasil, pelo Instituto Butantan, em reunião realizada neste domingo (17) e transmitida ao vivo pelo canal da Agência no Youtube.

O Butantan produzirá a Coronavac em parceria com o laboratório chinês Sinovac Biotech. A outra vacina analisada e liberada é fabricada pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), desenvolvida pela Universidade da Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca.

Após a liberação, a primeira brasileira que será vacinada no país é a enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, de acordo com informações divulgadas pela colunista Mônica Bérgamo, da Folha de S. Paulo. A enfermeira será a primeira pessoa a receber a dose da Coronavac no Brasil.

Enfermeira do hospital Emílio Ribas, Mônica é integrante do grupo de risco da covid-19, ela é obesa, hipertensa e diabética. Mônica mora em Itaquera, na zona leste da capital paulista, e trabalha na UTI em dias alternados, em escalas de 12 horas. O setor tem 60 leitos exclusivos para pacientes de Covid-19. A enfermeira trabalhou como auxiliar de enfermagem por 26 anos e decidiu fazer faculdade numa fase já madura, se formando aos 47 anos.

Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.