Breaking News

Resultado esperado: surgem primeiros registros de professores contaminados após retorno das aulas presenciais na Bahia

Foto: Portal Fepesp

Os primeiro casos de contágios confirmados e suspeitos já foram anunciados após o retorno das aulas presenciais, nas escolas estaduais da Bahia.



Somente em Brumado sete professores da rede municipal de ensino estão com suspeitas de Covid-19, aguardando resultado dos exames laboratoriais.

As docentes foram afastadas das funções e as aulas presenciais podem ser suspensas novamente na cidade, segundo reportagem do Achei Sudoeste.

Um caso confirmado de contaminação pelo coronavírus foi noticiado em Dias D'Ávila. Uma professora da rede estadual testeou positivio para Covid e a escola fechou as portas novamente, retornando ao modelo remoto de ensino.

Os fatos confirmam os alertas emitidos pela APLB Sindicato, que protestou contra o retorno às atividades presenciais antes da vacinação completa dos professores. Apesar dos apelos, o Governo da Bahia manteve a decisão expondo docentes e alunos ao risco do contágio em sala de aula.



“Sem a imunização completa esse é um risco que todos os professores vão correr. Por isso a APLB-Sindicato insiste na defesa da vida. Apesar do decreto do governo estadual, poucas unidades na Bahia retornaram ao ensino presencial. É um risco para toda a comunidade escolar” orientou Rui Oliveira, coordenador-geral da APLB-Sindicato.

Nenhum comentário

Os comentários publicados não representam o pensamento ou ideologia do Portal Lapa Oeste, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.